Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Prisão preventiva para mulher acusada de matar patrão à facada em Famalicão

Detida atacou empresário durante um assalto à casa da vítima.
Correio da Manhã 15 de Abril de 2021 às 21:22
Mandado de Detenção Europeu foi emitido pelo Tribunal Judicial de Guimarães
Mandado de Detenção Europeu foi emitido pelo Tribunal Judicial de Guimarães FOTO: Sérgio Freitas
A mulher que matou o patrão à facada para roubar dinheiro, em Famalicão, vai ficar à espera de julgamento em prisão preventiva.

Cristina Oliveira, de 47 anos, confessou à Polícia Judiciária de Braga ter assassinado o empresário têxtil Joaquim Sousa da Costa para lhe roubar dinheiro para o pagamento de dívidas que somava ao Estado.

A mulher sabia que o patrão guardava elevadas quantias de dinheiro em casa e, em 22 de julho do ano passado, planeou o assalto que acabou por resultar na morte de Joaquim.

A detida foi presente a primeiro interrogatório, no Tribunal de Guimarães, esta quinta-feira, indiciada pelos crimes de homicídio qualificado e roubo.
Famalicão Joaquim Sousa da Costa crime lei e justiça prisão
Ver comentários