Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Filha rouba, ameaça de morte e deixa mãe à fome em Sacavém. Vizinhos ouviram gritos de socorro

Agentes arrombaram a porta de casa e depararam-se com a vítima fragilizada e em estado de choque.
Correio da Manhã 29 de Julho de 2021 às 12:21
PSP
PSP FOTO: Sérgio Lemos

Uma mulher de 58 anos foi detida, na sexta-feira, pela Polícia de Segurança Pública (PSP)  por mal tratar a mãe na casa da vítima em Sacavém. 

A PSP detetou que a filha ameaçava a mãe, deixava-a passar fome, recusava medicação à mulher, utilizava indevidamente o cartão multibanco e destruía bens pessoais da idosa.

A detenção ocorreu após uma denúncia de maus tratos a uma idosa. No local os vizinhos informaram os agentes que "ouviam a idosa a pedir ajuda, mais concretamente desde que a filha da vítima se havia deslocado para habitar com a mãe".

Segundo comunicado da PSP, os agentes chegaram ao apartamento e ninguém abriu a porta mas era possível ouvir o pedido de ajuda de uma mulher a dizer que a filha a queria matar. As autoridades referem que foi ainda "audível pelos intervenientes uma voz de resposta ordenando a idosa a não fazer barulho, caso contrário matava-a".

Os agentes acabaram os arrombar a porta da casa e depararam-se com a vítima fragilizada e em estado de choque. A suspeita tentou escapar à detenção, barricando-se noutro compartimento. Os agentes conseguiram intercetar a mulher. 

A mulher foi presente a primeiro interrogatório judicial e ficou obrigada a abandonar a residência da vítima, assim como de se aproximar à mesma, ficando impedida de a contactar por qualquer meio.

PSP Sacavém questões sociais crime lei e justiça maus-tratos polícia política autoridades locais
Ver comentários