Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Filho de Diana Santos em choque ao saber que mãe tinha sido degolada

“Descansa em paz que a justiça será feita”, escreveu o jovem no Facebook.
Ana Isabel Fonseca e Fátima Vilaça 6 de Outubro de 2022 às 01:30
Diana Santos tinha 40 anos e estava a viver no Luxemburgo
Filho de Diana Santos, Francisco Basto, fez uma homenagem à mãe no Facebook
Diana Santos tinha 40 anos e estava a viver no Luxemburgo
Filho de Diana Santos, Francisco Basto, fez uma homenagem à mãe no Facebook
Diana Santos tinha 40 anos e estava a viver no Luxemburgo
Filho de Diana Santos, Francisco Basto, fez uma homenagem à mãe no Facebook
Nos últimos dias, a mãe e o filho de Diana Santos foram protegidos ao máximo pelos restantes familiares, que ocultaram os pormenores chocantes que envolvem a morte da mulher. Só souberam de toda a violência do crime na segunda-feira, dia em que foi confirmado que o corpo encontrado é da portuguesa, que vivia no Luxemburgo. A revelação de que Diana foi decapitada e desmembrada causou uma enorme dor no filho de 22 anos. Teve de receber assistência médica.

“O meu sobrinho foi internado durante essa noite [segunda-feira] porque se sentiu mal com tudo o que soube. Mas felizmente já está melhor e encontra-se a recuperar junto da família. Não tem sido nada fácil para nós lidar com tudo isto, com a ausência da Diana”, disse Vítor Santos, irmão da vítima.

Francisco Basto reagiu, também esta quarta-feira, nas redes sociais à morte da mãe, de 40 anos. Publicou uma fotografia de Diana e deixou uma mensagem carregada de emoção. “Minha rainha, até um dia. Descansa em paz, que a justiça será feita”, escreveu o jovem no Facebook.

Contactado esta quarta-feira pelo CM, Francisco afirmou que ainda não se sente capaz de falar sobre a trágica morte da mãe.

A família da vítima, que reside em Vila do Conde, tem acompanhado todo o caso à distância. As informações são, no entanto, escassas.

“Temos estado em permanente contacto com algumas pessoas que conhecemos no Luxemburgo, não vamos baixar os braços até saber o que aconteceu”, acrescentou o irmão.

Os familiares desejam trazer o corpo de Diana para Portugal logo que seja possível. Querem dar um funeral digno à mulher, que foi encontrada morta em Mont-Saint-Martin, em França, a 19 de setembro.
Diana Santos Luxemburgo Francisco Basto questões sociais morte
Ver comentários