Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

GNR apreende mil quilos de abacate

Mulher, de 29 anos, apanhada a furtar produtos agrícolas.
José Carlos Eusébio 1 de Março de 2020 às 09:40
Abacate apreendido
Abacate apreendido FOTO: Direitos Reservados

A mulher, de 29 anos, estava a furtar produtos agrícolas, no sítio de Amendoais, em Algoz, quando foi surpreendida, em flagrante, por militares da GNR de Silves. Foi de imediato detida. Já se tinha apoderado de mais de uma tonelada de abacate, que foi apreendido.

A operação da GNR foi desenvolvida na passada sexta-feira, na sequência de uma denúncia por furto numa exploração. Os militares, após diligências policiais, conseguiram intercetar a suspeita, quando esta transportava a pera-abacate furtada.

Segundo revelou este sábado a GNR, no decorrer da referida ação "foram apreendidos 1200 quilos de abacate provenientes do furto, com um valor estimado de 2400 euros, que foram restituídos ao seu legítimo proprietário".

A mulher detida acabou por ser constituída arguida, tendo a GNR remetido os factos ao Tribunal Judicial de Silves.

O Comando Territorial de Faro da GNR garante que esta força de segurança "está atenta ao fenómeno de furtos de produtos agrícolas como o abacate, alfarroba e citrinos, devendo os proprietários das explorações agrícolas contactarem de imediato o Posto da Guarda mais próximo, caso sejam alvo de furto".

A GNR explica que "estes bens destinam-se, muitas vezes, a ser vendidos ilicitamente em mercados e feiras na zona do Algarve". Por esse facto, o Comando de Faro alerta os compradores para a necessidade de garantirem sempre a origem dos produtos que adquirem.

Comando Territorial de Faro da GNR Algoz Amendoais Silves crime lei e justiça polícia forças policiais
Ver comentários