Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

GNR apreende tonelada e meia de cobre furtado

Militares identificaram dois homens que são suspeitos do crime, em Albufeira.
José Carlos Eusébio 22 de Novembro de 2019 às 08:20
Cobre foi apreendido pelo Núcleo de Proteção Ambiental da GNR, num acampamento junto ao terminal rodoviário
Cobre foi apreendido pelo Núcleo de Proteção Ambiental da GNR, num acampamento junto ao terminal rodoviário FOTO: Direitos Reservados
Uma tonelada e meia de cobre foi apreendida pela GNR num acampamento localizado próximo do terminal rodoviário da cidade de Albufeira. Dois homens, de 26 e 69 anos, foram identificados por suspeita de furto e recetação de metais não preciosos.

Segundo revela o Comando Territorial de Faro da GNR, a operação foi desenvolvida pelo Núcleo de Proteção Ambiental de Albufeira, na passada segunda-feira, por existir a suspeita de que ia ser realizada uma queima a céu aberto naquele acampamento.

O objetivo dos dois suspeitos seria queimar os fios para, desta forma, retirar o plástico que isola o cobre, ficando assim "o metal utilizável para outros fins", explica GNR.

Para já, a origem do referido metal ainda se encontra por determinar, mas as autoridades garantem ter "fortes suspeitas de furto e/ou recetação dos fios de cobre", devido à grande quantidade apreendida.

A GNR já comunicou os factos ao Tribunal Judicial de Albufeira, prosseguindo agora com as investigações para tentar apurar a origem do metal.

Esta não é a primeira vez que os militares desenvolvem operações do género naquele local. Ao longo dos últimos anos, a GNR já concretizou outras apreensões de grandes quantidades de cobre, alegadamente proveniente de furtos.

Em algumas situações, os militares da GNR intervieram depois de ter sido detetada a existência de fogueiras junto às barracas, as quais acabaram por levantar suspeitas.
Albufeira Comando Territorial de Faro da GNR crime lei e justiça polícia crime assalto
Ver comentários