Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

GNR deteta descarga ilegal de efluentes na Covilhã

Guarda sublinha que está "fortemente empenhada em sensibilizar e zelar pela conservação e proteção da natureza e do ambiente".
Lusa 29 de Junho de 2021 às 11:14
GNR
GNR FOTO: Pedro Brutt Pacheco
A GNR detetou, no concelho da Covilhã, uma descarga ilegal de efluentes provenientes de uma indústria de transformação alimentar, informou esta terça-feira aquela organização policial.

Em comunicado enviado à agência Lusa, o Comando Territorial de Castelo Branco explica que a situação foi detetada através do Núcleo de Proteção Ambiental, na quinta-feira, na sequência de uma denúncia.

Segundo a informação, os militares "constataram que a descarga era proveniente de uma indústria de transformação alimentar que efetuava a descarga ilegal de efluentes diretamente para o solo através de uma lagoa de armazenagem, junto à linha de água ali existente na Ribeira Caia, um afluente do Rio Zêzere, sem qualquer tipo de mecanismo que assegurasse a sua depuração".

"Na sequência desta ação, foi elaborado um auto de contraordenação, que foi remetido para a Agência Portuguesa do Ambiente, I.P. / Administração da Região Hidrográfica do Centro, punível com uma coima que pode ascender aos 144 mil euros", acrescenta.

A GNR sublinha que está "fortemente empenhada no sentido de sensibilizar e zelar pelo cumprimento das disposições legais e regulamentares referentes à conservação e proteção da natureza e do ambiente".

Acrescenta ainda que qualquer dúvida de âmbito ambiental ou denúncia deve ser dirigida à Linha SOS Ambiente e Território (808 200 520), que funciona permanentemente.

GNR Covilhã questões sociais polícia economia negócios e finanças política autoridades locais
Ver comentários