Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Homem acusado de violência doméstica é preso preventivamente por se aproximar da ex-mulher

Alegado agressor foi presente ao Tribunal de Instrução Criminal do Porto.
Lusa 3 de Outubro de 2022 às 17:04
Violência doméstica
Violência doméstica FOTO: iStockphoto
Um homem de 29 anos, que estava proibido de se aproximar da ex-companheira no âmbito de um processo de violência doméstica, foi detido no sábado, na Trofa, por incumprir esta medida, ficando em prisão preventiva, adiantou esta segunda-feira a GNR.

Em comunicado, esta força policial referiu que o alegado agressor, depois de detido por incumprir a obrigatoriedade de se afastar da ex-companheira, de 34 anos, foi presente ao Tribunal de Instrução Criminal (TIC) do Porto, tendo-lhe sido aplicada a prisão preventiva - medida de coação mais gravosa.

"A violência doméstica é crime público e denunciar é uma responsabilidade coletiva", recorda a GNR.

Na nota de imprensa, esta força policial salientou que é possível denunciar uma situação de violência doméstica através do portal queixa eletrónica, número 112, posto de GNR mais próximo da residência e aplicação SMS Segurança e MAI112.

Trofa GNR crime lei e justiça questões sociais maus-tratos crime
Ver comentários