Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Homem condenado a 16 anos de prisão por matar mulher com 4 facadas

Joaquim Sousa foi sentenciado por homicídio qualificado e posse de arma proibida.
Nelson Rodrigues 23 de Setembro de 2021 às 09:21
Joaquim Sousa após ser detido pela PJ
Joaquim Sousa após ser detido pela PJ FOTO: Marc Ricardo Silva/cmtv
Foi condenado a 16 anos de cadeia o homem, de 74 anos, que em novembro do ano passado matou a mulher, Deolinda Lopes, com quatro facadas no interior da casa em que viviam, em Duas Igrejas, Penafiel. Joaquim Sousa foi sentenciado por homicídio qualificado e posse de arma proibida. Está preso desde a altura dos factos.

O casal discutiu por causa de uns terrenos que a vítima queria vender, mas que o homicida queria doar a uma filha. A juíza do Tribunal de Penafiel realçou a violência do crime. “Desferiu a primeira facada quando a vítima, sua companheira e mãe dos seus 7 filhos, estava a dormir. Mesmo com ela no chão continuou o ataque. Mostrou frieza e não se arrependeu. Pense na sua vida”, disse a magistrada Maria Judite Fonseca.

Ver comentários