Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Homem condenado por matar companheira com tiros de caçadeira em Ovar

"Arminda foi morta por causa dos ciúmes", considerou a juíza.
Paulo Jorge Duarte 20 de Novembro de 2021 às 09:55
Arminda foi morta por Manuel
Arminda foi morta por Manuel FOTO: Direitos Reservados
Manuel Rodrigues, de 80 anos, foi esta setxa-feira condenado, no Tribunal de Aveiro, a 17 anos por ter matado com dois tiros de caçadeira a ex-companheira, Arminda Monteiro, em Esmoriz, Ovar.

Acabou absolvido de detenção de arma proibida e de violência doméstica, mas terá de pagar uma indemnização de 85 mil euros ao filho da vítima. "Arminda foi morta por causa dos ciúmes. Todas as pessoas têm o direito a pôr termo a uma relação", disse a juíza-presidente, ao ler a sentença.
Ovar Manuel Rodrigues Arminda Monteiro Tribunal de Aveiro Esmoriz crime lei e justiça punição / sentença
Ver comentários
}