Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Homem fecha mulher a cadeado em barraco de animais em Gondomar

Cativeiro estava rodeado por muros de dois metros de altura.
Nelson Rodrigues 3 de Dezembro de 2021 às 09:39
/fotospublicadas/Fotos/2-7404424 (12137680) (Milenium)
/fotospublicadas/Fotos/2-7404424 (12137680) (Milenium) FOTO: Ricardo Cabral
A mulher foi resgatada pela GNR de um barraco que servia de abrigo para animais, no meio de um campo de cultivo isolado, de uma freguesia de Gondomar. O local do cativeiro fica rodeado por um muro de cerca de dois metros de altura, cujo portão estava fechado com um cadeado.

O objetivo era que a vítima, de 65 anos, passasse a noite ao frio e sem comer. A chave do cadeado estava na posse do marido, que foi detido.

Esta prisão da vítima terá sido um ato isolado, mas a mulher era alvo de maus-tratos há mais de uma década. O alerta foi dado na terça-feira à GNR de Medas por uma filha do casal.

Os militares detiveram o agressor, de 66 anos, em flagrante. A vítima foi encontrada aterrorizada, a tentar escalar o muro. O homem foi indiciado do crime de violência doméstica.

Presente a um juiz, ficou em liberdade, mas não se pode aproximar nem contactar com a vítima. Foi forçado a abandonar a casa onde ambos viviam.
Gondomar GNR crime lei e justiça polícia questões sociais prisão forças policiais maus-tratos
Ver comentários