Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Homem que matou ex-namorada com catana por acreditar que a vítima fazia bruxarias fica em prisão preventiva

Suspeito perseguiu a vítima de carro.
16 de Setembro de 2021 às 12:27
Três homens acusados por vaga roubos violentos em Lisboa
Três homens acusados por vaga roubos violentos em Lisboa FOTO: Direitos Reservados
O homem que matou a ex-namorada com uma catana, nos Açores, ficou em prisão preventiva. 

A Polícia Judiciária deteve o homem, de 39 anos, que quis vingar-se da vítima, de 42 anos, por acreditar que esta fazia "bruxarias para o prejudicar".

O crime aconteceu após uma perseguição de carro. O homem fez uma ultrapassagem e bloqueou a via, dirigindo-se com uma catana para o carro da vítima.

Segundo o comunicado da PJ, "o agressor desferiu, com extrema violência, um conjunto de golpes contra o corpo da vítima, nomeadamente na zona da cabeça, que lhe provocaram a morte no local".
Açores crime lei e justiça investigação polícia
Ver comentários