Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Homem perseguia e controlava movimentos da mulher em Gondomar

Agressor, dependente de bebidas alcoólicas, ameaçou a vítima de morte. Mulher fugiu de casa com o filho.
Aureliana Gomes 19 de Maio de 2021 às 11:59
Violência doméstica
Violência doméstica FOTO: Direitos reservados

Um homem, de 47 anos, foi detido pelo Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas do Porto, na segunda-feira, em Gondomar, por agredir e ameaçar a esposa.

Segundo a GNR, o agressor - dependente de bebidas alcoólicas - terá agredido, injuriado e ameaçado de morte a vítima, de 47 anos, com quem está casado há mais de 20 anos. Movido por ciúmes, passou a perseguir a mulher, a controlar todos os movimentos da mesma e todo o dinheiro do casal, de forma que a vítima fosse totalmente dependente do suspeito.

A GNR explica que no início do mês de maio, o homem voltou a agredir a mulher, tendo-lhe causado medo e insegurança. A vítima acabou por sair de casa, com o filho, e foi viver para um local seguro.

O suspeito acabou detido no início desta semana e foi presente, esta terça-feira, ao Tribunal de Instrução Criminal do Porto.

Ficou proibido de se aproximar da vítima e de permanecer na mesma casa, não pode aproximar-se dos locais habitualmente frequentados pela mulher e pelo filho, num raio de 800 metros.

Ficou ainda com pulseira eletrónica e proibido de se aproximar da escola do filho. O juiz de Instrução determinou ainda que não pode comprar armas de qualquer natureza.

GNR Gondomar Vítimas Específicas Núcleo de Investigação e Apoio Porto crime lei e justiça polícia crime
Ver comentários