Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Homem que matou ex-mulher a tiro em Vila Real morre no hospital

Manuel Damásio matou com quatro tiros a mulher de quem estava divorciado.
Luís Oliveira e Patrícia Moura Pinto 17 de Maio de 2021 às 16:07
Polícia Judiciária realizou recolha de indícios no local do crime
Polícia Judiciária realizou recolha de indícios no local do crime FOTO: Pedro Rebelo

O homem, de 75 anos, que na sexta-feira ao final da tarde assassinou a ex-mulher a tiro, no centro de Vila Real, morreu ontem no hospital, na sequência do disparo que fez sobre a própria cabeça logo após o crime. 



Manuel Damásio, reformado dos CTT, tentou o suicídio após assassinar a vítima, Maria Fernanda Vilela, de 74 anos. Ficou caído junto ao corpo da ex-mulher, que teve morte imediata. O homicida foi assistido por uma equipa médica do INEM e transportado depois para o Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro, onde ficou internado. Ontem, foi declarado morto.

Manuel e Fernanda estavam divorciados há mais de uma década, mas viviam na mesma casa. Ela no rés-do-chão, ele no primeiro andar. Em constante litígio, desde a separação a vítima fez várias queixas do ex-companheiro na PSP. Terá sido depois de mais uma denúncia de que foi alvo que o homem cometeu o crime, com uma pistola 6.35 mm. Esta arma já lhe tinha sido apreendida pela PSP, mas o tribunal devolveu-lha. n P.M.P.

Vila Real Homem Porto crime lei e justiça crime crime
Ver comentários