Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Idosa acamada morre em incêndio

Mulher de 94 anos vivia sozinha na casa consumida por chamas.
Aureliana Gomes 3 de Junho de 2016 às 15:03
Cadáver foi removido à 01h00
Cadáver foi removido à 01h00 FOTO: CMTV
Alice Almeida Fernandes, de 94 anos, morava sozinha numa casa integrada numa ilha da rua Vasco Lobeira, no Bonfim, Porto. Acamada há vários anos, morreu carbonizada, quarta-feira à noite, quando a habitação foi consumida pelas chamas. Os familiares ficaram em choque com a tragédia.

Os moradores não ganharam para o susto. Aperceberam-se das chamas após serem alertados pelo barulho de uma explosão. Quando chegaram à rua, já a casa estava envolta em labaredas, por volta das 21h40. A vítima era uma pessoa acarinhada pelos vizinhos. "A dona Alice não merecia este fim. Era uma boa mulher, que sempre fez pela vida", lembraram.

O incêndio foi combatido por 20 elementos dos Sapadores do Porto, durante cerca de uma hora. Quando chegaram ao local, os bombeiros depararam-se com um incêndio de grandes proporções e com a suspeita de que dentro da casa estaria uma pessoa.

"Primeiro, nós tivemos de combater as chamas para termos acesso ao interior. Quando entrámos, confirmámos a existência de uma mulher, já cadáver", disse ao CM Albano Cardoso, chefe de equipa dos Sapadores. Havia perigo de o fogo se alastrar a outras casas, visto ser uma zona habitacional. "Conseguimos circunscrevê-lo rapidamente e evitar estragos maiores", frisou. Além de bombeiros e PSP, também foi ao local a PJ para apurar a origem do fogo.


O corpo foi retirado da habitação pelos Bombeiros de Ermesinde, já depois da 01h00. O funeral está marcado para esta sexta-feira, às 10h00.
Alice Almeida Fernandes Bonfim Sapadores do Porto PSP PJ Bombeiros de Ermesinde incêndio morte idosa
Ver comentários