Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Idoso morre ao voltar de almoço com a filha

António Sá Reis, de 82 anos, foi vítima da colisão entre dois automóveis, em Ovar.
Paulo Jorge Duarte e Francisco Manuel 15 de Abril de 2019 às 01:30
António Sá Reis, de 82 anos, regressava de um almoço com a filha quando sofreu o violento acidente
António Sá Reis, de 82 anos, regressava de um almoço com a filha quando sofreu o violento acidente
Colisão em estrada de Ovar mata condutor de 82 anos
António Sá Reis, de 82 anos, regressava de um almoço com a filha quando sofreu o violento acidente
António Sá Reis, de 82 anos, regressava de um almoço com a filha quando sofreu o violento acidente
Colisão em estrada de Ovar mata condutor de 82 anos
António Sá Reis, de 82 anos, regressava de um almoço com a filha quando sofreu o violento acidente
António Sá Reis, de 82 anos, regressava de um almoço com a filha quando sofreu o violento acidente
Colisão em estrada de Ovar mata condutor de 82 anos
António Sá Reis tinha o hábito de almoçar, aos domingos, em Ovar, em casa de uma filha.

Foi no regresso à própria habitação, este domingo, que o homem, de 82 anos, morreu na sequência de uma violenta colisão frontal entre dois carros, na estrada da Mata, entre Cortegaça e Maceda.

No mesmo acidente, uma mulher e outro homem, de 63 e 69 anos, que seguiam na outra viatura envolvida, ficaram feridos.

"Segundo uma testemunha, o António ultrapassou a grande velocidade um carro na curva e veio ter este acidente nesta reta. Admiro-me, porque conhecia bem este homem e não era condutor de grandes velocidades", disse, ao CM, Joaquim Moreira, vizinho da vítima mortal, que residia em Cortegaça.

"Estava aqui um grande aparato e a GNR mandou-nos seguir. Ainda vi o casal ferido no interior do carro a ser assistido", contou Graça Oliveira, uma das primeira pessoas a chegar ao local.

O alerta foi dado cerca das 14h00. "À nossa chegada, a vítima estava encarcerada e em paragem cardiorrespiratória. As manobras de reanimação ainda se iniciaram mas, infelizmente, temos uma vítima mortal a lamentar", relatou Vítor Peralta, subchefe dos bombeiros de Esmoriz.

O óbito foi declarado pela equipa do INEM.

As vítimas foram transportadas, pelos bombeiros de Esmoriz, para o hospital de Santa Maria da Feira. Uma das quatro filhas de António Sá Reis, em extrema comoção, teve de ser assistida no local.
Ver comentários