Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Incendiário ateou fogo em Soure porque estava irritado

Arguido, de 64 anos, disse às autoridades que lançou as chamas após uma discussão familiar.
Paula Gonçalves 7 de Setembro de 2021 às 08:37
Ateou um incêndio florestal recorrendo a chama direta
Ateou um incêndio florestal recorrendo a chama direta FOTO: Getty Images
Um homem, de 64 anos, foi detido pela Polícia Judiciária do Centro por atear um incêndio florestal em Granja do Ulmeiro, Soure.

O arguido disse às autoridades que lançou as chamas após uma discussão familiar que o deixou muito irritado. Recorrendo a chama direta, ateou o incêndio numa zona de mato com eucaliptos.

As chamas consumiram uma área de cerca de 500 metros quadrados, não atingindo proporções mais graves devido à rápida intervenção dos Bombeiros de Soure, que ajudaram a PJ a chegar ao suspeito.

O homem é casado, encontra-se reformado e não tem antecedentes criminais.

Soure Polícia Judiciária do Centro Granja do Ulmeiro ambiente recursos naturais
Ver comentários