Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante faça LOGIN Assine Já

Incêndio no Parque Natural da Serra da Estrela foi um dos piores de sempre

Chamas já destruíram mais de 16 mil hectares de área naquela que é das maiores catástrofes naturais que aconteceram no nosso país.
Luís Oliveira 13 de Agosto de 2022 às 01:30
Conteúdo exclusivo para Assinantes Assine já Se já é assinante faça LOGIN
Exclusivos
Acidente provocou cinco feridos e está a ser investigado pela Proteção Civil
Acidente provocou cinco feridos e está a ser investigado pela Proteção Civil
Acidente provocou cinco feridos e está a ser investigado pela Proteção Civil
O incêndio que desde sábado passado lavra na região da serra da Estrela, que se propagou a cinco concelhos dos distritos da Guarda e Castelo Branco, é o pior de sempre e o que está a causar mais prejuízos num parque natural do nosso país. Até às 15h30 de ontem, o sistema de vigilância europeu Copernicus tinha contabilizado a destruição de 16 310 hectares - dados provisórios.



Ver comentários
Hoje nas bancas
Capa do Dia
A primeira página do Correio da Manhã e o acesso ao e-paper Ver todas as
primeiras páginas

Clube CM+ Conheça todas as vantagens e produtos exclusivos para os assinantes do Correio da Manhã

As crianças vão adorar! Ganhe um kit completo do filme "DC Liga dos Super Pets"

Ver Mais

Fique a conhecer Muhammad Ali e Rosa Parks, ativistas determinados que marcaram os séculos XX e XXI. Faça já download do 11º volume de "30 Figuras Inspiradoras do Nosso Tempo".

Ver Mais

Fique a conhecer Marie Curie e Albert Einstein, cientistas brilhantes que marcaram os séculos XIX e XX. Faça já download do 10º volume de "30 Figuras Inspiradoras do Nosso Tempo".

Ver Mais

Guia das mais famosas Festas & Romarias de Portugal. Uma viagem maravilhosa às tradições mais populares. Portes Incluídos.

Ver Mais

Escapada ZEN: Estadia com Pequeno-Almoço no Hotel Rural A Coutada em Peniche, com opção de Visita ao Jardim Buddha Eden ou Jantar desde 22€!

Ver Mais