Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Instrução do caso dos e-mails do Benfica arranca a 17 de março em Matosinhos

Diretor de comunicação do FC Porto, Francisco J. Marques e antigo diretor do Porto Canal, Júlio Magalhães, entre os arguidos.
Lusa 4 de Março de 2021 às 15:07
Processo dos e-mails foi o que mais estragos provocou na imagem do Benfica
Processo dos e-mails foi o que mais estragos provocou na imagem do Benfica FOTO: CMTV
A instrução do processo do caso dos e-mails, em que são arguidos o diretor de comunicação do FC Porto, Francisco J. Marques, o antigo diretor do Porto Canal Júlio Magalhães e um comentador, arranca em 17 de março.

A instrução, fase facultativa que visa decidir por um Juiz de Instrução Criminal (JIC) se o processo segue e em que moldes para julgamento, vai decorrer no Tribunal de Instrução Criminal (TIC) de Matosinhos, e foi requerida pelos arguidos, depois de o Ministério Público os acusar de violação de correspondência e de acesso indevido, por divulgarem conteúdos de e-mails do Benfica.

Fonte judicial disse esta quinta-feira à Lusa que pelas 14h30 do dia 17 de março está agendada a inquirição do diretor do jornal desportivo 'O Jogo', José Manuel Ribeiro, que a defesa arrolou como uma das testemunhas no Requerimento de Abertura de Instrução (RAI), para ser inquirido "à matéria relacionada com a cobertura dada pela comunicação social à divulgação dos e-mails do SL Benfica".

Ver comentários