Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Jovem raptada pelo padrasto consegue fugir após uma semana de abusos sexuais

Cadastrado ficou em prisão preventiva.
Correio da Manhã 24 de Junho de 2021 às 17:41
Judiciária aprendeu vários documentos que agora serão analisados
Judiciária aprendeu vários documentos que agora serão analisados FOTO: Alexandre Azevedo
A PJ de Setúbal deteve um homem de 52 anos por violação agravada de uma das enteadas, no caso uma jovem de 20 anos com um défice cognitivo.

O predador, que já cumpriu pena de prisão por crimes semelhantes, aproveitou a dependência da vítima, com quem não vivia, para a atrair à sua casa e passar a controlar todos os seus movimentos, mantendo-a numa situação de quase sequestro durante cerca de uma semana.

Segundo o comunicado da PJ, a jovem com um "aparente défice cognitivo" não vivia na mesma casa que o agressor mas, a determinada altura, foi para a habitação do homem que passou a controlar "todos os seus movimentos, impedindo-a de se ausentar sozinha da habitação, coagindo-a a diversas práticas sexuais e violando-a".

O detido ficou em prisão preventiva.
PJ Setúbal crime lei e justiça prisão PJ Setúbal crime lei e justiça prisão
Ver comentários