Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante faça LOGIN Assine Já

Justiça decide prémio de 500 mil euros na raspadinha. Santa Casa recusa-se a validar o prémio

Santa Casa recusa-se a validar o prémio devido a rasgão feito na raspadinha vencedora.
Fátima Vilaça 20 de Setembro de 2022 às 01:30
Exclusivos
Manuel Carones, dono do quiosque S. Bento, que vendeu a raspadinha, e agente dos Jogos há quase três décadas
Manuel Carones, dono do quiosque S. Bento, que vendeu a raspadinha, e agente dos Jogos há quase três décadas FOTO: CMTV
Uma apostadora de Barcelos arrisca-se a ficar sem um prémio de 500 mil euros que ganhou numa raspadinha. A funcionária do quiosque que vendeu o cupão vencedor rasgou-o a meio antes de conhecer o resultado. O prémio foi registado automaticamente pela máquina dos Jogos Santa Casa, ainda assim, devido aos danos na raspadinha, a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa recusa-se a validar e a pagar o prémio milionário.



Ver comentários
Hoje nas bancas
Capa do Dia
A primeira página do Correio da Manhã e o acesso ao e-paper Ver todas as
primeiras páginas

Clube CM+ Conheça todas as vantagens e produtos exclusivos para os assinantes do Correio da Manhã

Receba o 5º volume da coleção de DVDs sobre Fátima. Exclusivo para assinantes

Ver Mais

Fique a conhecer Stephen Hawking e Alan Turing, grandes inovadores que marcaram os séculos XX e XXI. Faça já download do 15º volume de "30 Figuras Inspiradoras do Nosso Tempo".

Ver Mais

Fique a conhecer Muhammad Yunus e Beatriz Ângelo, o empreendedor e a ativista que marcaram os séculos XIX e XX. Faça já download do 14º volume de "30 Figuras Inspiradoras do Nosso Tempo".

Ver Mais

Jogo à Descoberta de Portugal: o presente de Natal perfeito para os mais pequenos.

Ver Mais