Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Maior traficante de droga português indemnizado pelo Estado por más condições na cadeia

Franklim Lobo vai receber mais de três mil euros.
Correio da Manhã 25 de Junho de 2021 às 12:45
Franklim Lobo, em 2008, à entrada do tribunal da Boa-Hora, em Lisboa
Franklim Lobo estava acusado de associação criminosa e tráfico
Franklim Lobo, em 2008, à entrada do tribunal da Boa-Hora, em Lisboa
Franklim Lobo estava acusado de associação criminosa e tráfico
Franklim Lobo, em 2008, à entrada do tribunal da Boa-Hora, em Lisboa
Franklim Lobo estava acusado de associação criminosa e tráfico
Franklim Lobo, considerado pela PJ como o maior traficante de droga português, vai ser indemnizado pelo Estado, após o Tribunal Europeu dos Direitos Humanos (TEDH) ter reconhecido que o homem esteve detido em más condições, em 2019.

Franklim vai receber 3300 euros, por danos materiais e imateriais, e 250 euros, para custos e despesas, refere o TEDH.

Recorde que o Tribunal Criminal de Lisboa condenou em abril deste ano o arguido Franklim Lobo a 11 anos de prisão por tráfico de droga agravado, mas absolveu-o do crime de associação criminosa.

Para esta medida, contribuiu o grande volume de cocaína transportada por via marítima a aérea, com proventos económicos elevadíssimos, e o facto de o tribunal considerar que o arguido atuou com dolo direto, realçando ainda os seus antecedentes pelo mesmo crime, com duas penas pesadas.

Durante o julgamento, Franklim Lobo negou sempre a prática dos factos e arguiu várias nulidades relacionadas com a fase de inquérito e de instrução, nomeadamente escutas telefónicas.

Ver comentários