Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Margarida Martins constituída arguida após buscas da PJ na junta de freguesia de Arroios

Ex-autarca é suspeita de crimes de peculato e participação económica em negócio enquanto exercia funções de presidente.
Correio da Manhã e Lusa 27 de Outubro de 2021 às 19:22
A carregar o vídeo ...
Margarida Martins constituída arguida após buscas da PJ na junta de freguesia de Arroios
A ex-presidente da Junta de Freguesia de Arroios, Margarida Martins, foi esta quarta-feira constituída arguida depois da Polícia ter realizado buscas na freguesia e na casa da própria.

A ex-autarca é suspeita de crimes de peculato e participação económica em negócio enquanto exercia funções de presidente. Durante as buscas foram ainda apreendidos documentos e computadores.

O DIAP de Lisboa executou dez mandados de busca, sendo três domiciliárias, e sete não domiciliárias, e realizou uma busca autorizada, para a recolha de documentação relacionada com suspeitas de práticas criminosas, sob investigação. As buscas estarão relacionadas com dois processos, nomeadamente a compra de cimento em excesso e a contratação de empresas para a manutenção de espaços verdes.

"Margarida Martins foi constituída arguida no âmbito de um processo instaurado em 2018, tendo por objeto contratos celebrados durante o período em que exerceu funções na Junta de Freguesia de Arroios", disse à Lusa o advogado Ricardo Sá Fernandes.

Margarida Martins PJ Arroios Polícia crime lei e justiça investigação
Ver comentários