Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Menor detido por discriminação e incitamento ao ódio racial após invadir debate de escola

Detido partilha em diversas plataformas digitais propaganda Neonazi.
25 de Maio de 2022 às 17:18
Polícia Judiciária
Polícia Judiciária FOTO: alexandre azevedo

Um jovem de 17 anos foi detido, esta terça-feira, por discriminação e incitamento ao ódio racial após ter invadido um debate organizado pela Associação de Estudantes da Escola Secundária de Camões, em fevereiro de 2021, denominado "A Influência da escravatura e o racismo institucional".

Segundo um comunicado, "o arguido partilhou o link da reunião em diversos canais e redes sociais, com o objetivo de, em articulação com outros utilizadores, perturbarem o referido debate, que se estava a realizar através da plataforma Zoom com participantes maioritariamente de raça negra". 

Após a invasão várias pessoas entraram da reunião online e publicaram fotos e gifts com conteúdos racistas e nazis, incluindo cruzes suásticas, ao mesmo tempo que imitavam sons de macacos, explicou a Polícia Judiciária. 

A investigação permitiu determinar que o suspeito publicou em diversas plataformas digitais propaganda Neonazi. "Assume-se como defensor da "supremacia branca" e dos Movimentos internacionais, tal como o National Partisan Movement, através da propaganda que difunde", revelam as autoridades. 

Lisboa PJ Nigger crime lei e justiça questões sociais prisão racismo
Ver comentários
}