Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Mulher condenada a 17 anos e meio de prisão por matar marido à facada em Estarreja

Ana Costa terá ainda de pagar uma indemnização de 75 mil euros aos dois filhos.
Paulo Jorge Duarte 29 de Setembro de 2021 às 14:52
A carregar o vídeo ...
Mulher condenada a 17 anos e meio de prisão por matar marido à facada em Estarreja
Ana Costa foi condenada, esta tarde de quarta-feira, a uma pena de prisão de 17 anos e seis meses, pelo tribunal de Aveiro, por ter esfaqueado o companheiro, em Estarreja, até à morte. A mulher, de 48 anos, foi julgada pelo homicídio de Nuno Ribeiro, na casa do casal, em Maio de 2020, em Beduído, Estarreja. A mulher foi condenada pelos crimes de homicídio qualificado e de violência doméstica. Terá ainda de pagar uma indemnização de 75 mil euros aos dois filhos.

O coletivo de juizes considerou que os fatos constantes na acusação ficaram provados.

Segundo o Ministério Público, a relação, que começou em 1997, sempre foi pautada por desentendimentos motivados pelos ciúmes da mulher, que suspeitava que a vítima, de 44 anos, tinha amantes. O filho, de 18 anos, assistiu a tudo.

A 15 de maio, e depois de meses a anunciar a terceiros a intenção de o matar, Ana iniciou nova discussão, durante a madrugada, quando o companheiro recebeu uma mensagem. Em fúria, atirou o telemóvel ao chão, foi à cozinha buscar uma faca e desferiu um golpe no peito do companheiro.
Aveiro Ana Costa Estarreja Nuno Ribeiro Beduído crime lei e justiça inquérito
Ver comentários