Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Negócio das Barragens: MP faz buscas no Ministério do Ambiente e na EDP por fraude fiscal

Ministério Público investiga alegado incumprimento de pagamento de impostos.
Miguel Alexandre Ganhão(miguelganhao@cmjornal.pt), Tânia Laranjo e Lusa 6 de Julho de 2021 às 11:37
A carregar o vídeo ...
Negócio das Barragens: MP faz buscas no Ministério do Ambiente e na EDP por fraude fiscal
O Ministério do Ambiente, a EDP e várias barragens estão a ser alvo de buscas pelo Ministério Público (MP) devido à venda de cinco barragens por dois mil milhões de euros pela EDP à Engie, uma gigante francês da energia, por alegada fraude fiscal.

O MP investiga alegado incumprimento de pagamento de impostos.

"A EDP confirma que foi hoje alvo de uma operação de busca com a coadjuvação da Autoridade Tributária no âmbito da venda de um portefólio de seis barragens à Engie, por alegada fraude fiscal", disse à Lusa fonte oficial da empresa.

A EDP acrescentou que "está a prestar toda a colaboração com as autoridades e mantém-se convicta de que a operação de venda cumpre todos os requisitos legais".

Segundo o comunicado do Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP) realizam-se buscas em 11 locais do País, nomeadamente em Lisboa, Porto, Amadora e Miranda do Douro. As buscas decorrem em instalações de barragens, escritórios de advogados, um organismo do Estado, uma sociedade de contabilidade e sociedades ligadas ao sector hidroelétrico.

"Intervém na operação 29 Inspetores da Unidade dos Grandes Contribuintes (UGC?), 37 inspetores da Direção de Serviços de Investigação da Fraude e de Ações Especiais (DSIFAE), incluindo 10 especialistas do Núcleo de Informática Forense, sendo que a operação em curso, para além de elementos da UGC e da DSIFAE, conta ainda com 28 militares da Unidade de Ação Fiscal da GNR, incluindo dois especialistas em informática forense. Nas diligências participam sete magistrados do Ministério Público e cinco magistrados judiciais", pode ler-se no comunicado.
Ver comentários