Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Nunciatura de Díli diz que suspeitas de abusos sexuais de Ximenes Belo estão na Santa Sé

"Pessoalmente não posso nem confirmar nem desmentir porque é uma questão de seriedade da minha parte", diz representante máximo do Papa.
Lusa 28 de Setembro de 2022 às 13:31
Ximenes Belo
Ximenes Belo
O caso que envolve suspeitas de abusos sexual de menores pelo ex-administrador apostólico de Díli Ximenes Belo está com os órgãos competentes da Santa Sé, disse esta quarta-feira o representante do Vaticano em Timor-Leste, sem confirmar se o prelado foi ou não investigado.

"Pessoalmente não posso nem confirmar nem desmentir porque é uma questão de seriedade da minha parte, visto a competência ser dos meus superiores na Santa Sé", disse à Lusa Marco Sprizzi, representante máximo do Papa e do Vaticano em Timor-Leste.

"Esta questão deve ser dirigida diretamente à Santa Sé", referiu, questionado sobre a veracidade das denúncias de alegados abusos de menores cometidos ao longo de vários anos por Ximenes Belo, hoje a residir em Portugal, que foram publicadas por um jornal holandês.

Ver comentários