Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Padre acusado de agredir idoso em Vila do Conde faz queixa-crime

Homem chama “padreco de m****” ao prior junto a loja.
Manuel Jorge Bento 5 de Agosto de 2021 às 08:47
A carregar o vídeo ...
Padre acusado de agredir idoso em Vila do Conde faz queixa-crime
O padre Paulo César, acusado de ter agredido a murro um homem de 78 anos, apresentou queixa-crime na PSP contra a alegada vítima.

A troca de empurrões ocorreu ao final da tarde de 28 de julho, à porta da pastelaria ‘O Pasteleiro’, no centro de Vila do Conde, após o idoso ter insultado o prior e uma paroquiana que estavam a conversar na fila para a loja: "Padreco de m****, até te parto o focinho".

"Saí do comércio, meti a caixa de bolos no carro e perguntei ao senhor qual a razão para me tratar daquela forma. Ele repetiu os impropérios, empurrou-me e houve troca de empurrões. Não o agredi a murro", contou o padre ao CM.

O idoso, Fernando Vilaça, referira já a um jornal local que só tinha "chamado a atenção das pessoas" e que, no exterior, o prior o agredira "com um empurrão e um forte murro".

O padre Paulo César não tem dúvidas de que a vitimização do idoso tem "motivações notoriamente políticas", já que Fernando Vilaça integra a lista do movimento independente NAU à Assembleia Municipal de Vila do Conde e as relações entre a autarquia liderada por Elisa Ferraz e o prior não são as melhores. A PSP investiga.
Vila do Conde Paulo César PSP crime lei e justiça
Ver comentários