Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Papel condena Franklim Lobo a 11 anos de cadeia

Escritos à mão foram a prova que levou à condenação do maior traficante português.
João Carlos Rodrigues 7 de Abril de 2021 às 08:37
Franklim Lobo, de 64 anos, é tido pela PJ como o maior traficante de droga português
Franklim Lobo, de 64 anos, é tido pela PJ como o maior traficante de droga português FOTO: Direitos Reservados
Um simples papel com escritos à mão foi a prova que levou à condenação de Franklim Lobo a 11 anos de prisão por tráfico de droga. É a terceira vez que o homem considerado o maior traficante português é condenado, e só não levou uma pena maior porque foi absolvido do crime de associação criminosa.

O tribunal deu como provado que o ‘barão da droga’ era “o vértice da pirâmide do tráfico” e que “sem ele não havia droga” – recorde-se que Franklim Lobo foi julgado à parte dos arguidos da Operação Aquiles, processo do qual foi extraída uma certidão. Neste esquema, a maior apreensão feita pela PJ aconteceu em dezembro de 2015.

Maria Luísa Caeiro, irmã de um ‘sócio’ de Franklim Lobo, foi ao Brasil e no regresso foi apanhada com um papel em que constava uma série de letras e números.

Era o código de um contentor que chegou dois dias depois ao porto de Sines, onde estavam 82 quilos de cocaína e selos de contentor inviolado novos. Franklim sempre negou qualquer participação nos crimes. A Defesa vai “recorrer até onde a lei o permitir ou ele ser restituído à liberdade”, garante o advogado Lopes Guerreiro.

Ver comentários