Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Patrulha salva homem em apuros

Vítima tem dificuldades de locomoção e estava caída na banheira.
João Nuno Pepino 7 de Dezembro de 2016 às 08:24
Os dois guardas, Daniel Pereira e Tânia Brardo, saltaram da janela de um vizinho e arrombaram o estore
Os dois guardas, Daniel Pereira e Tânia Brardo, saltaram da janela de um vizinho e arrombaram o estore FOTO: João Nuno Pepino
Dois militares da GNR de Salvaterra de Magos arriscaram a própria vida para salvar um homem que gritava por auxílio após ter escorregado na banheira, quando tomava banho.

"No calor da situação, não pensámos muito no nosso próprio risco", disse esta terça-feira ao CM o guarda Daniel Pereira, que saltou de uma varanda para outra, no primeiro andar - numa altura de três metros -, para conseguir entrar na residência da vítima.

Segundo vários vizinhos, quando os militares chegaram ao local, os gritos de socorro da vítima já ecoavam pelo prédio há vários minutos. O homem, de 62 anos e com grandes dificuldades de locomoção devido a problemas de saúde, estava imobilizado na casa de banho e não tinha como abrir a porta a quem lhe tentava prestar auxílio.

Saltar de uma varanda do vizinho e arrombar um estore do apartamento do sexagenário foi a solução encontrada pela patrulha. "Ele ficou numa posição em que não conseguia mexer as pernas. Estava já com muito frio e tivemos que ser nós a tapá-lo até à chegada dos bombeiros", explica a guarda Tânia Brardo.

Para estes dois jovens militares do posto de Salvaterra de Magos, foi a primeira vez que salvaram alguém que estava realmente em apuros. E é com orgulho e com o sentido de dever cumprido que ambos afirmam que o mais importante é o caso ter tido um final feliz.

A vítima, depois de estabilizada pelos bombeiros foi transportada para o hospital de Santarém onde foi assistida.
GNR Salvaterra de Magos Daniel Pereira Tânia Brardo hospital de Santarém salvamento patrulha
Ver comentários