Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Penas de quatro anos e seis meses a seis anos para três arguidos em Aveiro

Dois homens e uma mulher foram condenados pelos crimes de coação, roubo e detenção de arma proibida.
Paulo Jorge Duarte 7 de Janeiro de 2022 às 14:19
Tribunal
Tribunal FOTO: Getty Images

Dois homens foram condenados a penas de prisão de cinco anos e três meses e de seis anos, pelo tribunal de Aveiro, esta manhã de sexta-feira, pelos crimes de coação, roubo e detenção de arma proibida.

Uma terceira arguida, foi condenada a uma pena de prisão de quatro anos e seis meses suspensa na sua execução.

Os arguidos, dois homens, de 19 e 23 anos, e uma mulher de 20 anos, foram julgados pela suspeita do sequestro de um taxista na madrugada do dia 24 de dezembro de 2020. Os arguidos usaram uma arma de fogo para obrigar a levar o grupo, em que estava incluída uma criança de dois anos, desde Castelo Branco até Braga. A viatura foi interceptada pela GNR, em Albergaria a velha, no nó de ligação da A25 para a A1.

Perante o coletivo de juízes, os dois arguidos admitiram estarem alcoolizados e que tinham consumido haxixe e cocaína. Justificaram as ameaças com o facto de terem perdido o discernimento e a noção de que estavam a colocar a vida do taxista em perigo.

Os arguidos terão, ainda, de pagar, de forma solidária, uma indemnização de cinco mil euros à vítima.

Aveiro crime lei e justiça julgamentos tribunal questões sociais
Ver comentários