Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

PJ detém suspeito de atear fogo na Sertã e em Proença-a-Nova

Engenheiro eletrotécnico recorreu a engenhos eletrotécnicos incendiários em zonas de mato, eucaliptos e de pinheiros.
19 de Julho de 2021 às 12:13
A carregar o vídeo ...
PJ detém suspeito de atear fogo na Sertã e em Proença-a-Nova

A Polícia Judiciária do Centro, em conjunto com a GNR da Sertã, deteve um homem de 38 anos, suspeito de atear vários incêndios com recurso a engenhos incendiários na Sertã.

De acordo com as autoridades, o homem, engenheiro eletrotécnico, recorreu a engenhos eletrotécnicos incendiários em zonas de mato, eucaliptos e de pinheiros, com algumas aldeias à volta.

A área ardida, segundo a mesma fonte, foi de cerca de 60 hectares.

No passado domingo, 18 de julho, eclodiram quatro incêndios nos concelhos da Sertã e Proença-a-Nova. Fogo não tomou proporções mais gravosas graças à intervenção rápida dos meios de combate. 

O detido, de 38 anos, é igualmente suspeito de ter ateado outros fogos, ocorridos em anos anteriores nos mesmos concelhos e em Oleiros.

O homem vai ser presente a primeiro interrogatório para aplicação de medidas de coação.

PJ GNR Sertã Proença-a-Nova Polícia Judiciária do Centro acidentes e desastres incêndios fogos
Ver comentários