Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Polícia tenta matar mulher a tiro após violenta discussão motivada por crise de ciúmes

Homem tinha feito um disparo com uma arma de fogo, alegadamente a arma de serviço.
Patrícia Moura Pinto e Tiago Virgílio Pereira 8 de Setembro de 2021 às 08:32
Polícia
Polícia FOTO: Nuno Fernandes Veiga
Um polícia de 48 anos que presta serviço na esquadra de Lamego tentou matar a tiro a mulher, de 40, após uma violenta discussão motivada por uma crise de ciúmes. Esta terça-feira, foi presente a um juiz do Tribunal de Viseu e ficou em prisão preventiva.

O episódio aconteceu na noite de segunda-feira, pelas 19h30. A PSP foi chamada à casa do casal e deparou-se com um cenário de violência doméstica.

O homem tinha feito um disparo com uma arma de fogo, alegadamente a arma de serviço, “em direção ao corpo da vítima e, só por sorte, não a atingiu”, concluiu a PJ de Vila Real, que o deteve, com a colaboração da PSP de Lamego, e assumiu a investigação. Após a tentativa de homicídio, o agente da PSP pôs-se em fuga e só através da insistência dos colegas é que acabou por se entregar, quase quatro horas mais tarde. Tinha na sua posse duas armas.

Foi aberto, de imediato, um processo disciplinar, além de decretado o desarmamento do polícia e a suspensão provisória de funções. Ao que o CM apurou, não há registos de um qualquer episódio anterior de violência doméstica entre o casal.
Lamego PSP crime lei e justiça crime polícia julgamentos
Ver comentários