Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Porto prepara-se para ter comboio de alta velocidade até ao Aeroporto Sá Carneiro

Conselho Metropolitano do Porto discute o possível uso da Linha de Leixões para ligar o comboio entre Porto e Vigo ao Aeroporto Francisco Sá Carneiro, na Maia.
Manuel Jorge Bento 26 de Maio de 2021 às 18:22
Reforço do serviço ferroviário de passageiros é uma das apostas
Reforço do serviço ferroviário de passageiros é uma das apostas FOTO: Ricardo Ponte

O Conselho Metropolitano do Porto, que reúne 17 municípios, discute na sexta-feira o possível uso da Linha de Leixões para ligar o comboio de alta velocidade entre Porto e Vigo (na Galiza, em Espanha) ao Aeroporto Francisco Sá Carneiro, na Maia. Deverá ser celebrado um acordo de colaboração entre a Área Metropolitana do Porto, a Infraestruturas de Portugal e os municípios do Porto, Matosinhos, Maia, Valongo e Gondomar, com vista à avaliação preliminar da viabilidade desta solução ferroviária.

Esta solução foi defendida pelo presidente da Câmara de Valongo, em outubro do ano passado. "A visão estratégica que o Governo revela ao decidir ligar com comboios de alta velocidade o Porto à Galiza tem de incluir, como óbvio, uma ligação ferroviária ao aeroporto do Porto: o planeamento estratégico de uma nova linha Porto-Vigo não pode excluir a sua articulação com o transporte aéreo. Essa articulação é indispensável e deve ser feita através da Linha de Leixões, a qual, não só já existe, como todos os dias funciona para mercadorias, estando eletrificada em toda a sua extensão – só precisa de ser modernizada e adaptada ao trânsito de passageiros", afirmou então José Manuel Ribeiro.

O autarca referia também que, "ao atual desperdício da Linha de Leixões para o tráfego de passageiros interurbano na Área Metropolitana do Porto não pode somar-se, em caso algum, o seu desaproveitamento para ligar o maior aeroporto do noroeste peninsular à futura ligação do Porto às cidades da Galiza".

A reunião do Conselho Metropolitano do Porto deverá ainda debater a repartição pelos municípios das verbas do Plano de Apoio à Redução do Tarifário dos Transportes Públicos (PART) referentes aos anos de 2020 e 2021.

Ver comentários