Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Português culpado de seis casos de tráfico de seres humanos

Oitenta e quatro pessoas foram sinalizadas no ano passado, em Portugal, como possíveis vítimas de tráfico de seres humanos, sendo que a maioria dos agressores são de nacionalidade portuguesa.
23 de Junho de 2010 às 15:43
A maioria das vítimas sao mulheres
A maioria das vítimas sao mulheres FOTO: Lusa

Apenas sete casos foram confirmados, o que não significa que os restantes casos sinalizados estejam longe desta realidade.

 

Dos 84 casos sinalizados, “a maioria são vítimas de exploração sexual, mas há também casos de exploração laboral”. A média de idade das vítimas ronda os 29 anos, mas também foi encontrada uma menina de 12 anos e um idoso de 60.

Destes casos sinalizados encontravam-se 18 homens e 61 mulheres, sendo estas do Brasil, da Roménia e da Nigéria.

 

Segundo Joana Wrabetz, chefe de equipa do observatório do Tráfico de Seres Humanos (OTSH), em seis dos setes casos confirmados o agressor era um português que trabalhava em parceria com agressores de outras nacionalidades e, o perfil do agressor é normalmente homem, com média de 30 anos de idade e de nacionalidade portuguesa.

 

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) tem como objectivo a luta contra este crime desumano e pretende “transformar esta actividade, que é de um baixo risco e alto lucro, numa actividade de grande risco e baixo lucro”.

Ver comentários