Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Prisão preventiva para suspeitos da morte de Jéssica

Bruxa 'Tita', marido e filha Esmeralda terão torturado e espancado a menina de três anos em Setúbal.
Tânia Laranjo 25 de Junho de 2022 às 16:48
A carregar o vídeo ...
Prisão preventiva para suspeitos da morte de Jéssica
A bruxa 'Tita', o marido, Justo, e a filha de ambos, Esmeralda, ficaram em prisão preventiva depois de terem sido ouvidos esta sexta-feira e sábado no Tribunal de Setúbal, anunciou o juiz presidente da Comarca de Setúbal, António Fialho.

Tita e a filha seguem para a cadeia de Tires. Justo, marido da 'bruxa', segue para a prisão anexa à Polícia Judiciária de Lisboa.

O processo fica agora coberto pelo segredo de justiça. Questionado pelos jornalistas, o juiz António Fialho escusou-se a revelar os crimes de que os três arguidos estão indiciados, embora se saiba que envolviam crimes de rapto, extorsão, ofensas à integridade física e homicídio qualificado.
 
O Ministério Público já tinha pedido este sábado prisão preventiva para os suspeitos, uma vez que existia perigo de fuga e de alarme social. 

A filha de Esmeralda, uma das suspeitas, terá assistido ao crime macabro. Foi entregue à família de Leiria, onde estavam escondidos.

A Polícia Judiciária deverá investigar a mãe da menina, Inês, por maus tratos continuados, em episódios anteriores ao sucedido.
Tita tribunal Tribunal de Setúbal
Ver comentários
}