Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

PSP apresenta queixa contra juiz negacionista após ameaças a polícias em direto. Veja o vídeo

Juiz Rui Fonseca e Castro encontra-se suspenso de funções por decisão do Conselho Superior de Magistratura.
8 de Setembro de 2021 às 13:30
A carregar o vídeo ...
“Não se atrevam a tocar-me”. Juiz negacionista com capangas desafia polícia à porta do Conselho de Magistratura
A Polícia de Segurança Pública (PSP) vai apresentar queixa contra o juiz Rui Fonseca e Castro após este ameaçar os agentes à porta do Conselho Superior da Magistratura.

"Não me toque. Eu é que sou a autoridade judiciária aqui", gritou o juiz contra os elementos da Unidade Especial de Polícia de serviço na rua Duque de Palmela, Lisboa, enquanto questionava os polícias se iriam fazer uma carga sobre os manifestantes – todos sem máscara.

A PSP considera que o comportamento do juiz "teve o aparente objetivo de provocar os Polícias em serviço" e representou o "incumprimento das regras em vigor para a prevenção da disseminação da pandemia" e que vai proceder ao "levantamento dos respetivos autos por contraordenação", refere a autoridade em comunicado.

O juiz encontra-se suspenso de funções por decisão do Conselho Superior de Magistratura e, por isso, privado das suas competências enquanto magistrado judicial.

Na sessão em que foi ouvido no âmbito de um processo disciplinar, no interior da sala, Fonseca e Castro fez os membros do CSM retirarem a máscara para se identificarem. A Associação de Juízes diz estranhar e repudiar o comportamento “de desafio ostensivo e gratuito”. 
PSP questões sociais juiz negacionista ameaças polícia agentes
Ver comentários