Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

PSP reforça ação no Porto Santo por incumprimento de regras da Covid-19

Ilha tinha identificados, no domingo, 49 casos ativos e 56 pessoas em isolamento.
Lusa 17 de Agosto de 2021 às 17:42
PSP
PSP FOTO: Sérgio Lemos
A Polícia de Segurança Pública (PSP) reforçou a ação no Porto Santo e instaurou 50 autos de contraordenação desde o início do verão por incumprimento das regras de prevenção da pandemia da covid-19, informou hoje o Governo da Madeira.

Numa nota difundida pelo gabinete do secretário regional da Saúde e Proteção Civil, Pedro Ramos, é referido que ocorreu na segunda-feira uma reunião com o presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque, e o comandante regional da Madeira da PSP, Luis Simões, para abordar a necessidade do reforço da atuação das forças de vigilância face ao aumento dos casos positivos naquela ilha, resultantes de comportamentos menos seguros adotados por jovens de férias naquela ilha.

"A reunião aconteceu à margem da visita às instalações do Serviço Regional de Proteção Civil, onde foi solicitado o apoio da Polícia de Segurança Pública (PSP) no sentido de intervir nas situações de incumprimento das regras preventivas de combate à pandemia da covid-19", lê-se na nota.

O executivo madeirense (PSD/CDS-PP) salienta que "a intervenção da PSP já teve reflexos na noite de 16 de agosto, com o levantamento de vários autos por infração às regras de prevenção da pandemia".

A PSP, é referido, "tem estado pró-ativa", tendo o comandante regional informado que desde o início do verão, "apenas no Porto Santo, já tinham sido levantados perto de 50 autos de contraordenação por infração às regras de prevenção da pandemia, a estabelecimentos e a cidadãos, sendo que na maioria desses autos os infratores são residentes na ilha da Madeira".

"Relembramos a importância da adoção de comportamentos assertivos e cumprimento das medidas preventivas de combate à pandemia de covid-19 em prol da saúde de todos", conclui o Governo Regional.

Na segunda-feira, o presidente do Governo da Madeira, Miguel Albuquerque, anunciou que iria pedir uma maior atuação da PSP na ilha do Porto Santo, opinando que a situação é "muito complicada".

O delegado de Saúde e responsável do centro de saúde do Porto Santo, Rogério Correia, referiu ao Diário de Notícias da Madeira que a ilha tinha identificados, no domingo, 49 casos ativos de covid-19, com 56 pessoas em isolamento.

Segundo o responsável, 47 casos são de jovens visitantes, alguns dos quais, quando chegaram à ilha, "vinham já positivos e foram transmitindo a outros através das suas festas".

"Isto não é um problema dos bares e das regras, mas da educação de muitos que visitam a ilha, que são jovens que estão sós e confundem liberdade com libertinagem, confundem coragem com atos de insanidade pura", opinou o médico.

O Porto Santo tem uma população residente na ordem das 5.000 pessoas, mas nos meses de verão os visitantes podem chegar aos 30.000.

Os mais recentes dados da Direção Regional de Saúde (DRS), divulgados na segunda-feira, indicam que foram sinalizados 34 novos casos de covid-19 e mais 36 doentes recuperados, tendo sido reportadas 313 situações ativas e sete pessoas hospitalizadas.

Os dados da DRS indicam que o Porto Santo registou mais 14 casos em comparação com domingo, totalizando 167 desde o início da pandemia.

A covid-19 provocou pelo menos 4.370.427 mortes em todo o mundo, entre mais de 207,84 milhões de infeções pelo novo coronavírus registadas desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

Em Portugal, desde março de 2020, morreram 17.584 pessoas e foram registados 1.006.588 casos de infeção, segundo a Direção-Geral da Saúde.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em países como o Reino Unido, Índia, África do Sul, Brasil ou Peru.

Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
Ver comentários