Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

‘Quinito’ julgado por duas mortes

Ex-líder de gang conduzia carro que caiu de viaduto.
Miguel Curado 14 de Junho de 2017 às 09:26
‘Quinito’ está preso por furtos
Acidente na A2, perto de Ourique. Mercedes em que seguiam as duas vítimas e ‘Quinito’ caiu de um viaduto
‘Quinito’ está preso por furtos
Acidente na A2, perto de Ourique. Mercedes em que seguiam as duas vítimas e ‘Quinito’ caiu de um viaduto
‘Quinito’ está preso por furtos
Acidente na A2, perto de Ourique. Mercedes em que seguiam as duas vítimas e ‘Quinito’ caiu de um viaduto
Fábio Rodrigues, eletricista de 31 anos conhecido no mundo do crime como ‘Quinito’, foi acusado pelo Ministério Público (MP) de dois homicídios por negligência. O antigo líder do gang dos multibancos foi considerado responsável pelas mortes de dois amigos que seguiam no Mercedes que o mesmo conduzia na madrugada de 10 de outubro de 2014, e que caiu de um viaduto na A2, perto de Ourique.

De acordo com a acusação, Fábio Rodrigues mostrou negligência na forma como conduziu o Mercedes CLS, que lhe foi emprestado por um cunhado, e com o qual voltava a Setúbal acompanhado pelos amigos Pedro Aju e Luís Leitão.

À passagem pelo viaduto de Ourique da A2 e numa altura em que chovia intensamente, ‘Quinito’ conduzia a uma velocidade superior a 100 km/h. O Mercedes terá entrado em despiste, galgando o separador lateral do viaduto. A viatura caiu de uma altura de cerca de 100 metros, matando Pedro Aju e Luís Leitão. ‘Quinito’ escapou.

Preso e condenado a 8 anos de prisão por furtos de máquinas de tabaco, o ex-líder do gang dos multibancos viu adiada a primeira sessão do julgamento por duplo homicídio. Enfrenta uma pena de prisão entre três e cinco anos por cada crime.

Em caso de condenação, será calculado novo cúmulo jurídico.
Ver comentários