Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

‘Rainha da Droga’ condenada por torturar empregada de limpeza no Porto

Mulher e companheiro acusados de tráfico, coação e sequestro agravado, apanharam penas suspensas por ofensas à integridade física.
Manuel Jorge Bento 9 de Junho de 2021 às 08:28
Arguida apanhou pena suspensa
Arguida apanhou pena suspensa FOTO: CMTV
A mulher conhecida como ‘Rainha da Droga’ no Bairro Pinheiro Torres, no Porto, e o ex-companheiro foram condenados esta terça-feira, em Matosinhos, por espancarem e torturarem uma empregada de limpeza.

Estavam acusados de tráfico, coação e sequestro agravado, mas apanharam penas suspensas de um ano (a mulher) e um ano e dois meses (o ex) por ofensas à integridade física qualificadas. O filho da arguida foi ilibado.

A acusação referia que, em junho de 2016, os arguidos pediram à empregada para guardar uma bolsa com droga, mas esta desapareceu. A vítima foi torturada e espancada pelo ex-casal durante 10 horas. O coletivo de juízes decidiu agora que a vítima receberá dos dois uma indemnização de 6500 euros por danos não patrimoniais.

Matosinhos Bairro Pinheiro Torres Porto crime lei e justiça polícia
Ver comentários