Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Rede criminosa de venda ilegal de bebidas arrecadou meio milhão de euros

Valor comercial das bebidas não alcoólicas apreendidas é de cerca de 140 mil euros.
Correio da Manhã 6 de Maio de 2021 às 13:39
Militar foi agredido
Militar foi agredido FOTO: Nuno André Ferreira

A GNR desmantelou uma rede criminosa que se dedicava à introdução de bebidas alcoólicas para comercialização ilícita em Lisboa, Setúbal e Santarém.

Durante a operação, as autoridades apreenderam 63 mil litros das bebidas adicionadas de açúcar ou de outros edulcorantes. Foram ainda constituídos dez arguidos por fraude fiscal qualificada e introdução fraudulenta no consumo qualificada. Os arguidos obtiveram um lucro de meio milhão de euros.

A investigação que decorria há um ano e meio permitiu "apurar que a rede criminosa procedia à aquisição de quantidades avultadas de Bebidas Não Alcoólicas (BNA) em Espanha, em regime de suspensão de imposto, desrespeitando as regras de circulação previstas para este tipo de produtos", explicam as autoridades.

A GNR apreendeu 63 596 litros de bebidas adicionadas de açúcar ou de outros edulcorantes, diversa documentação fiscal e bancária, diversos equipamentos informáticos e  2 870 euros em numerário.

O valor comercial das bebidas não alcoólicas apreendidas é de cerca de 140 mil euros, sendo que a sua comercialização ilícita teria causado um prejuízo ao Estado de cerca de 40 mil euros.

Foi ainda possível apurar-se que as bebidas adicionadas de açúcar ou de outros edulcorantes eram colocadas no mercado abaixo do preço de custo, gerando assim uma concorrência desleal entre operadores e uma adulteração grave do mercado nacional nesse setor.

Ver comentários