Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Suspeito de matar homem a tiro em Braga quebra silêncio em tribunal: “Só pensei em proteger a família”

Valdemar Silva, de 36 anos, escapou à Justiça durante sete anos.
Fátima Vilaça 21 de Novembro de 2020 às 09:50
‘Nonó’ responde por homicídio
‘Nonó’ responde por homicídio FOTO: Rodrigo Andrade/CMTV
"Nunca tive intenção de disparar, só queria proteger a minha família e, naquele momento, ou era ele ou era eu", afirmou Valdemar Silva, de 36 anos, que esta sexya-feira quebrou o silêncio no Tribunal de Viana do Castelo, onde está a ser julgado pelo homicídio de Albano Matos, conhecido por ‘Cuba’, ocorrido em janeiro de 2013.

O arguido, que durante sete anos escapou à Justiça, contou ter fugido por "medo", após o crime.

Esteve escondido em França, até ser detido em julho pela Polícia Judiciária de Braga.

As circunstâncias em que foi feito o disparo deixaram dúvidas ao tribunal, que vai ao local do crime fazer uma reconstituição.
Braga Cuba Valdemar Silva Albano Matos Tribunal de Viana do Castelo crime lei e justiça crime homicídio
Ver comentários