Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Homem detido por violência doméstica em Mêda

Detenção ocorreu na sequência de uma investigação de três dias.
Lusa 24 de Abril de 2021 às 09:43
Pulseira eletrónica
Pulseira eletrónica FOTO: Getty Images
Um homem que a GNR deteve em Mêda, no distrito da Guarda, por reincidência em maus tratos e agressões à mulher está agora proibido de se aproximar da vítima, vigiado por pulseira eletrónica, informou fonte policial, este sábado.

Em comunicado, a GNR detalha que a medida de coação foi aplicada por um juiz de instrução criminal de Vila Nova de Foz Côa ao arguido, de 43 anos, após detenção por indícios de que "exercia violência física e psicológica sobre a vítima, sua mulher", da mesma idade.

A detenção foi consumada na sexta-feira, na sequência de uma investigação de três dias desenvolvida pelo Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas do Comando Territorial da Guarda da GNR.

Ver comentários