Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Tiro trava fuga de gestor algemado no Porto

José Rosselló, de 44 anos, empurrou um guarda junto ao Tribunal do Bolhão.
Miguel Curado 15 de Abril de 2021 às 09:06
A carregar o vídeo ...
Tiro trava fuga de gestor algemado no Porto
Um gestor espanhol, de 44 anos, condenado a prisão efetiva por fraude (aguarda cúmulo jurídico de outros processos), foi travado com um disparo para o ar feito por um guarda prisional. O recluso tentou fugir algemado, quando entrava para uma audiência no Tribunal do Bolhão, no Porto.

José António Gomez Rosselló, que cumpre pena na prisão de Vale de Sousa, e que chegou a ser diretor-geral da filial portuguesa de uma multinacional espanhola ligada aos transportes, foi levado por três guardas, pelas 16h00 de terça-feira, para um interrogatório.

Algemado atrás das costas, José Rosselló saiu da carrinha acompanhado por dois guardas. À entrada do tribunal empurrou um dos vigilantes e fugiu. Enquanto pediam ajuda a colegas de Paços de Ferreira, os três guardas esperaram para fazer, longe de outros transeuntes, um disparo para o ar.

Assustado, José Rosselló imobilizou-se após uma fuga de cerca de 150 metros e foi manietado. Os Serviços Prisionais confirmaram a tentativa de fuga ao CM, dizendo que a diligência marcada realizou-se.

A juíza que interrogou o espanhol pediu segurança à PSP. José Rosselló regressou a Vale do Sousa, mas deverá passar para a secção de segurança da cadeia de Paços de Ferreira, que fica ao lado.
José António Gomez Rosselló Porto Tribunal do Bolhão Paços de Ferreira crime lei e justiça tribunal
Ver comentários