Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Um milhão de euros para vítimas de crimes

Estado atribuiu, no último mês, mais cem mil euros para Comissão que apoia vítimas .
Magali Pinto 29 de Dezembro de 2016 às 09:02
Manuel Palito atacou quatro mulheres em São João da Pesqueira em abril de 2014. Duas morreram, atingidas a tiro
Manuel Palito atacou quatro mulheres em São João da Pesqueira em abril de 2014. Duas morreram, atingidas a tiro FOTO: Nuno André Ferreira/Lusa
Em abril de 2014 quatro mulheres foram violentamente atacadas quando preparavam bolos para a Páscoa, em São João da Pesqueira. Foram atingidas pelos tiros de Manuel Baltazar, conhecido por ‘Palito’.

Apenas duas escaparam com vida: Sónia Baltazar e Maria Angelina Baltazar, filha e ex-mulher do homicida, respetivamente. As duas receberam, este ano, perto de 70 mil euros de indemnização da Comissão de Proteção às Vítimas de Crimes, liderada por Carlos Anjos.

Este mês o Ministério da Justiça reforçou em 100 mil euros a verba para a Comissão, o que permitiu atribuir às vítimas de crimes mais de um milhão de euros este ano, em centenas de processos analisados.

"Foi um reforço importante que permitiu atribuir dinheiro a mais vítimas e concluir alguns processos que estavam pendentes", esclareceu Carlos Anjos ao CM. O valor máximo atribuído pela Comissão ronda os 35 mil euros.

A par das vítimas de crime violento, a Comissão paga a vítimas de violência doméstica que passem por graves carências. Uma mulher espancada à porta de casa pelo marido, em Évora, e deixada às portas da morte também foi indemnizada.
Ver comentários