Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
1

Famílias lisboetas despejadas em plena pandemia

CM testemunhou o caso de uma família despejada sem nunca ter recebido o auto.
Sandro Bettencourt 25 de Outubro de 2021 às 08:25
A carregar o vídeo ...
Despejados: Wilson vive numa barraca com filhos menores há dois anos e desespera por uma casa
A chegada da Covid-19 a Portugal trouxe um pesadelo para muitas famílias que vivem em habitações pública. No Bairro Alfredo Bensaúde, nos Olivais, Lisboa, as casas, que se mantiveram vazias ao longo de vários anos, serviram de refúgio para dezenas de famílias.

Sem aviso prévio, no dia 28 de fevereiro de 2020 foram despejados. Sem resposta da autarquia lisboeta, construíram várias barracas.

"Vivo há quase 2 anos nesta barraca com a minha mulher e os meus dois filhos menores. É muito difícil passar aqui invernos. Passamos frio, não podemos cozinhar e tomar banho", explica Wilson Silva, 23 anos. O CM testemunhou o caso de uma família despejada sem nunca ter recebido o auto. O CM confrontou a autarquia, mas sem sucesso.
Lisboa Bairro Alfredo Bensaúde Covid-19 Portugal Olivais questões sociais política política interna
Ver comentários