Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
3

90 milhões de euros para roteiro de barragens em Mogadouro

Matos Fernandes assegurou que este investimento não coloca em causa outros projetos.
Patrícia Moura Pinto 9 de Maio de 2021 às 09:37
O ministro Matos Fernandes
O ministro Matos Fernandes FOTO: PEDRO SARMENTO COSTA/lusa
Mais de uma centena de projetos energéticos, num valor global superior a 90 milhões de euros, vai nascer nos territórios de seis barragens: Miranda do Douro; Picote; Bemposta; Baixo Sabor; Feiticeiro e Foz Tua.

O plano, designado ‘Roteiro para o Desenvolvimento Sustentável e Integrado das Terras de Miranda, Sabor e Tua’, foi apresentado ontem na Casa da Cultura de Mogadouro, na presença do ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes.

As barragens, atualmente exploradas pela EDP deverão ser vendidas por mais de dois mil e duzentos milhões de euros a um consórcio gigante francês de produção de energia, e o governante português explicou que “estes mais de 90 milhões de euros são, no fundo, uma medida de compensação pela venda das seis hídricas”.

Matos Fernandes assegurou ainda que este investimento não coloca em causa outros projetos, nem “que os milhões de euros que estão por investir nestas regiões pela vinda das barragens não possam vir”. 
Ver comentários