Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade

Agricultor que fez greve de fome junto da residência oficial do PM terminou protesto

Anúncio foi feito por Luís Dias na sua página no Twitter.
Correio da Manhã 7 de Outubro de 2022 às 15:30
Proprietário agrícola Luís Dias
Proprietário agrícola Luís Dias FOTO: Twitter
O agricultor Luís Dias, que esteve em greve de fome durante 30 dias, junto da residência oficial do primeiro-ministro, anunciou o fim do protesto, depois de receber a visita do secretário de Estado adjunto Miguel Alves.

O anuncio foi feito pelo próprio agricultor, através da sua página de Twitter. Luís Dias refere, na publicação, que Miguel Alves prometeu "o seu empenho pessoal para desbloquear a mediação" que lhe havia sido prometida em janeiro e marcou uma reunião "na próxima segunda-feira".

Luis Dias acrescentou ainda que, apesar do "compromisso pessoal" do secretário de Estado não ser a solução esperada, é já "uma garantia da possibilidade de mediação" e para que possa "mesmo avançar".

O agricultor, que chegou a ser hospitalizado, esclareceu ainda que "não se trata de reclamar dinheiro; trata-se de encontrar uma solução que permita reerguer as nossas vidas, a Quinta das Amoras, em parceria com o Estado que nos financiou com fundos europeus de desenvolvimento agrícola".


Ver comentários