Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
5

Portugal contabiliza 1424 mortos por coronavírus, mais 14 óbitos que ontem

19552 pessoas recuperaram da doença até ao momento.
Correio da Manhã 1 de Junho de 2020 às 13:06
Coronavírus
Coronavírus FOTO: Reuters
Portugal regista esta segunda-feira mais 14 mortos por coronavírus, um aumento de 1%. Número total de vítimas mortais subiu assim para 1424.

O número de novos casos registados em 24 horas diminuiu para 200, que representa, no entanto, um aumento de 0,6%. Há agora 32700 casos de infeção pela covid-19.

Desde o início da pandemia 19552 pessoas recuperaram da doença, mais 143 relativamente a domingo.  A recuperar em casa estão 11.253 pessoas.
Existem neste momento 471 pessoas internadas, menos três nas últimas 24 horas. O número de doentes em cuidados intensivos mantém-se igual a domingo, 64 pessoas.

Na Região de Lisboa e Vale do Tejo, onde se tem registado maior número de surtos, há mais 193 casos de infeção (+1,7%).

A região Norte continua a registar o maior número de infeções, totalizando 16.760, seguida pela região de Lisboa e Vale do Tejo, com 11.335, da região Centro, com 3.747, do Algarve (372) e do Alentejo (259).

Os Açores registam 137 casos de covid-19 e a Madeira contabiliza 90 casos confirmados, de acordo com o boletim divulgado esta segunda-feira.

A região Norte continua também a ser a que regista o maior número de mortos (791), seguida da região de Lisboa e Vale do Tejo (363), do Centro (239), do Algarve e dos Açores (ambos com 15) e do Alentejo, que regista um óbito, adianta o relatório da situação epidemiológica, com dados atualizados até às 24:00 de domingo, mantendo-se a Região Autónoma da Madeira sem registo de óbitos.

Segundo os dados da Direção-Geral da Saúde, 724 vítimas mortais são mulheres e 700 são homens.

Das mortes registadas, 958 tinham mais de 80 anos, 276 tinham entre os 70 e os 79 anos, 126 tinham entre os 60 e 69 anos, 45 entre 50 e 59, 16 entre os 40 e os 49. Há duas mortes registadas entre os 20 e os 29 anos e uma na faixa etária entre os 30 e os 39 anos.

Os dados da DGS precisam que o concelho de Lisboa é o que regista o maior número de casos de infeção pelo novo coronavírus (2.409), seguido por Vila Nova de Gaia (1.567), Porto (1.357), Matosinhos (1.280), Braga (1.225) e Gondomar (1.083).

Até ao momento há um total de 326278 casos suspeitos. 1720 aguardam pelos resultados laboratoriais.

Há 291.858 casos em que o resultado dos testes foi negativo, refere a DGS, adiantando que o número de doentes recuperados subiu para 19.552 (mais 143).

A DGS regista também 27.958 contactos em vigilância pelas autoridades de saúde.

Do total de infetados, 18.762 são mulheres e 13.938 são homens.

A faixa etária mais afetada pela doença é a dos 40 aos 49 anos (5.479), seguida da faixa dos 50 aos 59 anos (5.387) e das pessoas com idades entre os 30 e 39 anos (4.953).

Há ainda 4.559 doentes acima dos 80 anos, 4.344 entre os 20 e os 29 anos, 3.569 entre os 60 e 69 anos e 2.610 com idades entre 70 e 79 anos.

A DGS regista igualmente 691 casos de crianças até aos nove anos e 1.108 jovens com idades entre os 10 e os 19 anos.

De acordo com a DGS, 40% dos doentes positivos ao novo coronavírus apresentam como sintomas tosse, 29% febre, 21% dores musculares, 20% cefaleia, 15% fraqueza generalizada e 11% dificuldade respiratória.




Em atualização
Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
Portugal questões sociais doenças saúde coronavírus covid19 pandemia
Ver comentários