Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
3

Aluno com nota mais baixa entra em curso de Medicina por ser familiar de benemérito

Estudante foi admitido no mestrado integrado em Medicina da Universidade Católica Portuguesa com 15,81 valores.
Manuel Jorge Bento 27 de Setembro de 2022 às 08:55
Universidade Católica Portuguesa Sintra
Universidade Católica Portuguesa Sintra FOTO: Direitos Reservados
A nota mais baixa entre os 70 candidatos admitidos no mestrado integrado em Medicina da Universidade Católica Portuguesa é de 16,89, mas houve um estudante admitido com 15,81 por ser "descendente de benemérito insigne da instituição". "Estamos a falar de médicos escolhidos por causa da sua linhagem", lê-se numa publicação no Twitter.

No entanto, as regras de acesso da Católica, datadas de 2018, preveem a reserva de vagas supranumerárias destinadas a filhos de colaboradores permanentes, filhos ou netos de beneméritos insignes da Universidade, portadores de deficiência física ou sensorial, e praticantes desportivos de alto rendimento.

Entre as críticas, é indicado que o caso viola o princípio da igualdade inscrito na Constituição da República Portuguesa, segundo o qual "ninguém pode ser privilegiado, beneficiado, prejudicado, privado de qualquer direito ou isento de qualquer dever em razão de ascendência, sexo, raça, língua, território de origem, religião, convicções políticas ou ideológicas, instrução, situação económica, condição social ou orientação sexual". O mestrado é lecionado em Sintra.
Universidade Twitter Católica questões sociais demografia
Ver comentários