Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade

Costa confirma fim da cerca sanitária nas duas freguesias do concelho de Odemira

António Costa confirma fim da cerca sanitária em Odemira.
Correio da Manhã 11 de Maio de 2021 às 18:51
António Costa
António Costa

O primeiro-ministro, António Costa, confirmou esta terça-feira a resolução que levanta a cerca sanitária nas duas freguesias de São Teotónio e Longueira-Almograve, em Odemira, a partir das 00h00 desta quarta-feira. 

"Hoje durante a tarde reunimos um Conselho de Ministros eletrónico que já está concluído e portanto foi decretado o levantamento da cerca sanitária a partir das 00h00 de hoje nestas duas freguesias", afirmou.

Na sua intervenção, o primeiro-ministro indicou que o Governo recebeu esta manhã uma comunicação do coordenador de saúde pública do Litoral Alentejano a dar conta de que "a maior parte" dos casos de covid-19 corresponde "a cadeias de transmissão já identificadas" e que não há transmissão comunitária e a propõe o fim da cerca.

António Costa frisou que nos cerca de 15 dias em que vigorou a cerca sanitária este território registou uma "diminuição muito significativa do ritmo de transmissão", mas alertou que a decisão do Governo "não significa que o problema tenha desaparecido".

Ao longo do discurso Costa salienta que "levantada a cerca sanitária não significa que o problema tenha desaparecido", acrescentando que o mesmo problema existe em Odemira e em todo o país. 

Costa afirmou ainda que "todos têm que ter uma habitação que respeite a dignidade humana". 

As últimas palavras de António Costa foram dirigidas à qualidade do concelho.

"A digna diversidade de oportunidades permite-lhe (ao concelho) ser um grande destino turístico", afirmou. 

O Presidente da República já se tinha antecipado e, por meio do primeiro-ministro, revelou que vão ser assinados dois acordos para resolver o problema de alojamento dos trabalhadores.

"Fui informado, pelo primeiro ministro, de que seria levantada a cerca sanitária. No imediato. Hoje mesmo", disse Marcelo Rebelo de Sousa em Melgaço, distrito de Viana do Castelo, em declarações aos jornalistas.

As freguesias de Longueira-Almograve e São Teotónio, no concelho de Odemira, estão em cerca sanitária desde 30 de abril devido à elevada incidência de covid-19 entre os imigrantes que trabalham na agricultura na região.

Os casos detetados na pandemia entre os imigrantes que trabalham na agricultura denunciaram as condições desumanas em que vivem.



Ver comentários